Google Ads: Guia para usar a ferramenta em 2021

Nos últimos anos, a publicidade tornou-se cada vez mais baseada em tecnologia, com serviços que agora permitem que você atinja públicos específicos com anúncios feitos sob medida para seus desejos e necessidades. 

Um pioneiro do serviço de publicidade on-line moderno, o Google Ads estabeleceu para si uma sólida reputação como a ferramenta de publicidade mais eficaz e mais amplamente usada. Mas o que é e como funciona? Examinamos isso e muito mais neste guia abrangente para usar anúncios de maneira eficaz.

banner google ads

Administrar um negócio online não é brincadeira, especialmente quando você tem que competir com gigantes como a Amazon, que têm um orçamento de marketing infinito para abastecer sua publicidade. A corrida para chegar à primeira página de resultados de pesquisa do Google é altamente competitiva. Tentar chegar à primeira página, mesmo com um SEO excelente, pode facilmente levar meses ou até um ano.

É aqui que entram os anúncios pagos (PPC). O Google AdWords é o serviço de publicidade do Google que permite às empresas exibir seus anúncios nas páginas de resultados de pesquisa do Google . Os anúncios geralmente aparecem na parte superior ou inferior de um SERPs do Google ( páginas de resultados de mecanismos de pesquisa ).

O que é o Google Ads?

O Google Ads é o programa de publicidade online do Google e atualmente é a plataforma de publicidade Pay-Per-Click (PPC) mais usada no mundo. Milhões de empresas em todos os tipos de setores usam o Google Ads para anunciar seus produtos ou serviços on-line, pois ele oferece uma maneira fantástica de alcançar novos clientes e desenvolver empresas de grande e pequeno porte. Trabalhando em um sistema baseado em leilão, o Google Ads é essencialmente um mercado onde os anunciantes dão lances em uma palavra-chave específica com a esperança de colocar seu anúncio nos principais resultados de pesquisa do Google.

Os anunciantes que optam por usar o Google Ads podem segmentar usuários em duas redes principais – a rede de pesquisa e a rede de display. É crucial que as empresas distingam entre a rede em que desejam anunciar principalmente, pois essas duas redes são muito diferentes em termos dos tipos de pessoas que visam principalmente.

Rede de pesquisa x Rede de Display?

A rede de pesquisa deve ser usada por empresas que trabalham com um orçamento limitado ou desejam anunciar um produto de ’emergência’, como encanadores, chaveiros ou eletricistas; serviços que as pessoas normalmente requerem com urgência quando os procuram. Os anúncios executados na seleção da rede de pesquisa serão qualificados para exibição nas páginas de resultados de pesquisa do Google e são extremamente eficazes para atrair pesquisadores que estão procurando ativamente por um produto ou serviço específico. Na verdade, os anúncios exibidos na rede de pesquisa normalmente geram mais conversões do que os anúncios exibidos na Rede de Display. 

No entanto, a vantagem de exibir anúncios na Rede de Display é que as empresas podem alcançar um público muito maior, já que a Rede de Display do Google (GDN) consiste em mais de dois milhões de sites que alcançam mais de 90% dos usuários globais da Internet, incluindo blogs, sites de notícias e sites ainda mais populares, como YouTube e Gmail. A diferença é que o público principal desses anúncios são pessoas que não estão necessariamente comprando um produto ou serviço específico, mas simplesmente realizando suas atividades diárias na Internet, como navegar pelas notícias, assistir a videoclipes ou verificar seus e-mails. Portanto, para maximizar o potencial de uso da GDN, é crucial que seus anúncios sejam chamativos e atraentes o suficiente para motivar os usuários da Internet a clicar neles.  

Configurando um anúncio do Google

Para configurar um anúncio no Google Ads, os profissionais de marketing primeiro segmentam uma palavra-chave específica no Google e fazem lances nela, ao mesmo tempo que competem com outras empresas que têm como alvo a mesma palavra-chave. Os lances que você dá são chamados de “lances máximos” – o valor máximo que sua empresa está disposta a pagar por um anúncio. Se seu lance máximo for R$ 3 e o Google determinar que seu custo por clique é R$ 1, você obterá o posicionamento do anúncio, enquanto se eles determinarem que é superior a R$ 3, você não obterá o posicionamento do anúncio. 

Existem três opções de lance diferentes que os profissionais de marketing podem escolher:

1. Custo por clique: quanto você paga quando um usuário clica em seu anúncio.
2. Custo por mil: quanto você paga por 1000 impressões de anúncios.
3. Custo por engajamento: quanto você paga quando um usuário faz algo em seu site (assiste a um vídeo, faz uma compra etc.)

Planejador de palavras-chave

O Google também fornece uma ferramenta gratuita de Planejador de palavras – chave para ajudar as empresas a escolher as palavras que devem se dirigir. Os profissionais de marketing podem usar a ferramenta para pesquisar várias palavras e frases relacionadas aos seus negócios, e a ferramenta fornecerá insights sobre essas palavras-chave, como a frequência com que as pessoas as pesquisam. Ele também pode fornecer sugestões de quanto você deve oferecer para a palavra-chave, bem como informações sobre o quão competitiva a palavra-chave é entre outras empresas.

O Google Ads opera em um modelo de pagamento por clique (PPC), que permite às empresas pagar apenas por seus anúncios cada vez que alguém clica neles, em vez de ter que pagar uma taxa definida para anunciar seu produto por um período de tempo. Isso significa que as empresas que utilizam o Google Ads economizarão muito dinheiro, o que é obviamente um aspecto crucial para maximizar os lucros.

Benefícios de usar o Google Ads

Você provavelmente está se perguntando por que deve usar o Google Ads em vez de outros serviços de publicidade on-line.

Para começar, o Google Ads permite que as empresas acompanhem o desempenho de seus anúncios usando o Google Analytics, o que significa que você pode acompanhar facilmente o número de usuários que visualizam e clicam em seu anúncio. O Google permite que você rastreie o número de usuários que realizam uma determinada ação (ou seja, fazendo uma compra) depois de visualizar o seu site. 

As empresas também podem descobrir quantos leads foram gerados por meio do Google Ads, bem como quais palavras-chave específicas geraram mais tráfego e leads. Você precisará criar uma conta do Google Analytics para acompanhar o desempenho de seus anúncios. Clique aqui para criar uma conta do Google Analytics para sua empresa.

Segmentação

Além disso, o Google Ads oferece muitas opções de segmentação para que as empresas personalizem seus anúncios para um público específico. As empresas podem escolher entre idade, localização geográfica e dispositivos específicos (telefones, computadores, etc.) para personalizar totalmente o público que pretendem atrair. Este nível de personalização não tem comparação com a maioria dos serviços de publicidade online.

Dispositivos específicos de destino

Após uma atualização de 2013, o Google Ads permite que as empresas escolham o tipo de dispositivo em que seus anúncios serão exibidos. Para a rede de pesquisa, você pode escolher entre desktops, tablets e dispositivos móveis. Na rede de exibição, as empresas podem se aprofundar ainda mais e direcionar dispositivos específicos, como iPhones ou Windows. Os ajustes de lance permitem definir lances maiores ou menores automaticamente em dispositivos com maior probabilidade de conversão em seu site. Dica: ver os dados de conversão e comércio eletrônico no Google Analytics.

Pague apenas pelos resultados

Esta é sem dúvida a vantagem mais popular de anunciar no Google Ads. Com o Ads, as empresas pagam apenas pelos cliques em seus anúncios, em vez de pelas impressões. Isso é chamado de modelo de publicidade pay-per-click (PPC). Dessa forma, as empresas economizam dinheiro pagando apenas quando um usuário executa uma ação para visualizar seu site.

Acompanhamento de desempenho

O Google Ads permite que as empresas acompanhem o desempenho de seus anúncios. Isso significa que você pode acompanhar o número de usuários que visualizam e clicam em seu anúncio. O Ads também permite que você acompanhe o número de usuários que realizam a ação desejada após visualizar seu site.

De acordo com o relatório de impacto econômico do Google , as empresas ganham em média US $ 2 para cada dólar gasto no Ads. Em um momento como este, usar o Google AdWords como parte de sua estratégia de marketing online certamente trará resultados positivos. No entanto, isso nem sempre é verdade para todos os setores. A melhor maneira de descobrir se o Google Ads será lucrativo para sua empresa é fazer uma tentativa.

Como criar um anúncio do Google

Vamos seguir as etapas necessárias para criar seu primeiro anúncio do Google. Você precisará de uma Conta do Google para o seu negócio para começar, então clique neste link para saber como criar uma Conta do Google para o seu negócio, caso ainda não tenha feito isso.

1. Primeiros passos

Faça login na página do Google Ads com sua conta comercial e clique no botão “Começar” no canto superior direito da página. Escolha a meta que sua empresa está tentando alcançar com este anúncio e, em seguida, selecione um tipo de campanha (Pesquisa, Display ou outro).

2. Ajudando as pessoas a chegarem à sua empresa

Você pode inserir uma série de informações sobre sua empresa que ajudarão o Google a configurar sua campanha publicitária, incluindo o site da empresa, número de telefone e endereço físico.

3. Definição de configurações adicionais

Na próxima página, você pode personalizar configurações adicionais para sua campanha de publicidade, incluindo locais a serem segmentados, seu orçamento diário e programação de anúncios (as datas e horários em que deseja exibir seus anúncios).

4. Configurando grupos de anúncios

A próxima seção permite que você insira palavras-chave que farão a correspondência dos usuários que procuram por esses termos específicos com os anúncios que você planeja lançar. Você também pode digitar no site da sua empresa para que o Google forneça recomendações sobre certas palavras-chave relevantes que você pode usar.

5. O que os pesquisadores verão

Depois de identificar as palavras-chave específicas que você deseja associar aos seus anúncios, a próxima página permite que você personalize totalmente o texto do seu anúncio. Certifique-se de que seu anúncio seja cativante e atraente para seu público-alvo, a fim de maximizar a quantidade de cliques que seu site receberá. Esta é talvez a parte mais importante do processo de criação de anúncios, então considere a melhor forma de escrever um anúncio que atinja o equilíbrio entre ser atraente e informativo.

6. Pagamento

Depois de finalizar os detalhes do seu anúncio, tudo o que resta é preencher suas informações de faturamento. Depois de clicar em “Enviar” na parte inferior da página, você criou seu primeiro anúncio do Google! Não se esqueça de vincular sua conta do Google Ads à conta do Google Analytics. Para obter instruções passo a passo sobre como fazer isso, clique aqui . 

Conclusão

Utilizar o Google Ads de maneira eficaz talvez seja uma das melhores maneiras de anunciar sua empresa ou produto hoje. Você pode usar o Google Ads para atrair um público geral maior ou para atrair clientes em potencial em seu setor que podem não ter ouvido falar de seu produto.

 É crucial capitalizar a acessibilidade e a simplicidade do Google Ads para expandir seus negócios, pois é muito provável que outras empresas do mesmo setor já estejam fazendo a mesma coisa. 

Parceiros e comunidades

Quer saber como podemos ajudá-lo na sua jornada digital ?

Algumas das comunidades em que estamos engajados

Rolar para cima
logotipo da wedoiti

Deixe seus dados que entraremos em contato