Como fazer marketing político digital para mídias sociais

Como fazer marketing politico digital

Para ajudá-lo a construir uma campanha de marketing político digital para mídias sociais o mais bem-sucedida possível, elaboramos este roteiro para orientá-lo na condução da mais importante frente do embate político nessa campanha que é o espaço digital.

Mídias sociais e a política foram feitas uma para a outra, apesar das campanhas políticas já existirem há muito mais tempo do que as campanhas nas redes sociais. O principal catalisador para as campanhas políticas sempre foi o engajamento social, mesmo que usemos esse termo de uma maneira diferente hoje.

A mídia social realmente torna mais fácil para os políticos encontrar, ouvir e interagir com seus apoiadores durante suas campanhas eleitorais. É por isso que uma boa estratégia de campanha política nas redes sociais é crucial para ter chances reais de ser eleito.

Segundo a Wikipédia, marca é a representação simbólica de uma entidade, qualquer que ela seja, algo que permite identificá-la de um modo imediato como, por exemplo, um sinal de presença, uma simples pegada.

Um dos principais objetivos do marketing digital é promover marcas por meio de mídias digitais. É pelo marketing digital que as marcas se comunicam com seu público-alvo de forma direta e personalizada.

Marcas contam histórias. Ao criar uma marca digital para sua campanha o faça contando uma história. A história contada deve ser convincente o suficiente para convencer seus eleitores sobre seus princípios.

Embora existam muitas maneiras excelentes de contar uma história, procure contá-la de uma forma que faça com que os eleitores acreditem que você entende suas preocupações e pode resolver seus problemas.Uma ótima maneira de fazer isso é vincular suas experiências pessoais às suas propostas.

Pessoas que constroem marcas políticas fortes possuem uma mensagem clara. Se expresse e se posicione de forma única para servir ao seu público-alvo. Quando se tenta falar para todos, acabamos não falando com ninguém.

As pessoas não votam em um candidato se sentirem que não podem se relacionar com ele. Transmita e transpire autenticidade, ela é fundamental quando se trata de construir uma marca política que quer ser lembrada positivamente.

2 - Entenda o que são argumentos de venda para criar seu discurso

Quem trabalha com vendas, precisa ter a habilidade de demonstrar aos clientes as qualidades e diferenciais do seu produto.

A expectativa e o negócio de um vendedor é que o cliente tome a decisão de comprar o produto a partir de um discurso com argumentos de venda.
Argumentos de venda são, portanto, os argumentos utilizados por uma pessoa para convencer outra.

Todo vendedor, no dia a dia, precisa ter sempre argumentos de venda certos e objetivos para conquistar os clientes. No contexto de uma campanha política, turbinada com marketing digital, os argumentos devem estar inseridos no contexto de conteúdos relevantes a serem criados pelo candidato e sua equipe.

O candidato fala para diversas pessoas ao mesmo tempo. Por isso é necessário criar argumentos de venda que são persuasivos o suficiente para atrair o máximo possível de eleitores com um mesmo argumento.

Se você ainda na reparou, ao criar seus argumentos de venda você está automaticamente criando elementos para um outro pilar muito importante do marketing digital, o marketing de conteúdo.

Temos este artigo no nosso blog que aborda como elaborar um marketing de conteúdo relevante.

3 - Crie um discurso de campanha, não improvise

Criar um argumento de venda ajuda muito na definição de uma marca política. Isso permite que o público-alvo entenda exatamente quem é o candidato e o que ele oferece em um piscar de olhos. O argumento de venda do candidato será referenciado em qualquer lugar no digital: nas mídias sociais, no site dele ou do partido, em artigos e em muitos outros lugares.

Entender o que o candidato deseja de sua marca política tornará o processo de branding digital muito mais simples.

Ao criar seu argumento de venda de marca política, o candidato deve manter estas dicas importantes em mente:

  • Evite parecer muito programado. Em vez de criar um script rígido, lembre-se de alguns pontos essenciais e adapte-os para se adequarem a diferentes situações;
  • Se o candidato deseja que seu discurso de campanha seja eficaz, ele não pode soar como um argumento de venda. Ele deve saber descrever rapidamente, de cor, salteado e honestamente o que se propõe;
  • O argumento de venda deve ser adaptado para cada tipo de público. Isso significa que o discurso de campanha deve ser flexível. Muito provavelmente ele terá que ser dirigido a outros candidatos em alguns momentos, à alguma associação da cidade, à imprensa e a diversos públicos diferentes que normalmente aparecem em uma campanha política.
  • Mantenha o discurso simples e curto. Nas apresentações espontâneas ele não deve ser superior a 30 segundos.
defina sua marca

4 - Crie um slogan

O slogan nada mais é do que uma frase de efeito marcante usada por marcas para disparar gatilhos mentais pela imediata identificação.

O slogan de um candidato precisa fazer mais do que apenas dizer que ele está concorrendo a um cargo. Ele precisará considerar os traços motivacionais de sua liderança. Além disso, deve também levar em conta as oportunidades que sua candidatura irá criar para seus eleitores.

Ao criar um slogan político, o candidato deve almejar e trabalhar para que ele seja único. Se o slogan for forte, suas palavras serão o que as pessoas associarão ao candidato e que definirão sua marca política.

Existem alguns slogans que vêm à mente imediatamente quando pensamos em candidatos políticos. Veja alguns exemplos abaixo e verifique se você se recorda de algum deles.

Dignidade: A marca de uma vida – Eymael (PSDC)

Rumo novo com a força do povo – Camilo Capiberibe (PSB)

Para o Brasil seguir mudando – Dilma (PT)

Dois grandes homens, um só governo – Hélio Costa (PMDB)

Construindo o poder popular. Rumo ao socialismo –  Ivan Pinheiro (PCB)

Esse resolve – Jorge Amanajas (PSDB)

O Brasil pode mais, é a Hora da virada –  José Serra (PSDB)

Brasil pra frente!  – Levy Fidelix

Quero mais para o meu povo – Lúcio Ancântara (PR)

Para fazer funcionar – Luiz Navarro (PCB)

Juntos pelo Brasil que queremos – Marina Silva (PV)

O que tá bom vai continuar  – Pedro Paulo (PP)

Opção pela igualdade –  Plínio (PSOL)

O melhor para nossa gente –  Ronaldo Lessa (PDT)

O desenvolvimento está de volta –  Roriz (PSOL)

Salário, trabalho e terra –  Rui Costa Pimenta (PCO)

Contra burguês, vote 16. Operário e socialista desta vez!  – Zé Maria (PSTU)

5 - Construa e priorize sua base eleitoral

Uma base eleitoral é a região de onde um candidato obtém uma boa parte dos votos necessários à sua eleição.

Para garantir que todo o público-alvo de sua candidatura receba as informações certas, na primeira vez, o candidato deve se concentrar primeiro na sua base eleitoral. No digital, o primeiro ponto de contato com a base eleitoral deve ser o site ou o blog do candidato.

A base eleitoral digital de um candidato é um componente crítico de sua marca e presença digital. Ela é o primeiro lugar que muitas pessoas irão para conhecer mais sobre o candidato, confirmar suas impressões, testar a empatia etc.

Uma base eleitoral digital não deve ser apenas factual, mas deve ser envolvente, amigável e parecer profissional.

ações em mídias sociais

6 - 12 ações para fazer seu marketing de mídias sociais funcionar

6.1 - Crie uma equipe para tratar das mídias sociais

Essa equipe irá atuar no gerenciamento das contas, na criação de conteúdo, na interação com as pessoas, respondendo a comentários e aumentando o número de seguidores nas redes sociais.

A execução do marketing de mídias sociais será a tarefa primordial dessa equipe.

6.2 - Crie suas contas de mídias sociais

O principal objetivo ao construir as contas de mídias sociais é se concentrar em como ser social, não em como fazer social.

Quando um público-alvo se identifica com um candidato e sua marca isso o destaca da concorrência.

Interaja e fale com as pessoas nas redes sociais da mesma forma que se envolveria no mundo real.

6.3 - Crie uma estratégia política de marketing de mídia social

Incluindo um calendário de mídia social, metas de envolvimento, parceiros e influenciadores em potencial e um plano para quaisquer esforços de mídia social pagos.

6.4 - Crie uma estratégia para os erros de comunicação

Tenha uma estratégia pronta para possíveis erros de relações públicas durante sua campanha política.

Planeje-se para o pior e espere pelo melhor. Ninguém espera postar acidentalmente algo com um erro de digitação embaraçoso, mas acontece. Tenha um plano de como abordar um incidente antes que ele aconteça. isso funciona como um seguro, tomara que não seja preciso usar.

6.5 - Contas sociais políticas separadas das pessoais

Atente a esta regra de ouro para seu sossego pessoal : mantenha as contas para campanhas políticas separadas das contas pessoais em todas as mídias sociais.

Os relacionamentos pessoais sempre desempenharam um papel importante na conquista de eleitores. A forma como as pessoas interagem, especialmente nas redes sociais, têm um impacto profundo na qualidade e profundidade das relações interpessoais.

Mais e mais pessoas estão percebendo que a interação no digital pode ajudar a reforçar e construir relacionamentos.

Mas também vivemos tempos contraditórios onde o clima para questões políticas, sociais e culturais anda profundamente agitado, e acaba sendo muito fácil ofender alguém apenas respondendo, retuitando ou até mesmo postando na conta de mídia social errada.

O fato é que  misturar o pessoal e o profissional nas redes sociais não é uma boa escolha.

6.6 - Utilize ferramentas de gerenciamento e monitoramento de mídias sociais

Sem ferramentas desse tipo fica muito difícil postar nas diversas mídias sociais, interagir e acompanhar as pessoas, além disso,  você não será capaz de saber por exemplo:

  • Quem são as pessoas que se envolvem com suas contas da campanha política;
  • Quais as tendências sobre tópicos atuais importantes para sua campanha política;
  • Quem são seus principais concorrentes políticos entre muitas outras questões relevantes.

6.7 - Procure distribuir o quanto possível seu foco pelas diversas mídias sociais

Sabendo onde está o público-alvo de suas campanhas políticas você saberá quais as melhores mídias para atingi-los.

6.8 - Não poste a mesma coisa em todas as mídias sociais

O Twitter é diferente do Facebook e o Facebook é diferente do Instagram. Cada rede social tem seu próprio estilo de postagem que a maioria das pessoas segue, então você precisa ter certeza de que suas postagens de campanha política também os seguem.

6.9 - De preferência a fotos reais e profissionais

Principalmente para as plataformas sociais mais visuais como Instagram e às vezes Twitter, certifique-se de usar imagens que chamem a atenção.

6.10 - Invista em conteúdo de vídeo

Você pode usar conteúdo de vídeo no Instagram, Twitter e Facebook para tornar as postagens de sua campanha eleitoral mais atraentes.

Super recomendado é a criação de um canal no YouTube. Nele você pode hospedar vídeos de viagens e andanças da campanha eleitoral e mensagens importantes que deseja compartilhar com seus eleitores.

6.11 - Peça feedback a seus eleitores

É uma maneira rápida de ter uma noção do que é importante para os eleitores e críticos das campanhas políticas. Também mostra a seus eleitores que você se preocupa com suas necessidades e desejos.

6.12 - Entenda mais sobre marketing digital

Ou garanta que você tem alguém na sua equipe que entende de verdade.

Fazer o marketing digital que funciona e dá resultados passou a ser um elemento essencial para o sucesso de muitos negócios e também na política. Temos um artigo no nosso blog que explora o que está funcionando e dando certo no marketing digital em 2020, confira !

7 - Demais pontos que não podem ser esquecidas na sua estratégia digital

Nome de domínio: Deve ser o endereço digital do candidato. As pessoas irão usá-lo para encontrar seu site.

Software de construção do site : Trata-se do software que será utilizado para construir o site do candidato. Alguns dos mais populares são WordPress, Joomla e Wix. Escolher alguma coisa diferente desses três é correr o risco de não conseguir responder rapidamente a velocidade necessária para a atualização de postagens entre outras operações demandadas numa eleição.

Hospedagem do site : Local onde o site fica hospedado. Procure uma empresa de primeira linha, há muitas opções no mercado.

Design do site : O design do site deve ter alinhamento com a marca do candidato. Para imaginar o que é isso pense no seguinte: o site de uma clínica geriátrica, por exemplo, não pode se parecer com o site de uma loja de brinquedos e vice-versa. Não negligencie com o design e o conteúdo do seu site pois o eleitor não dá uma segunda chance para causar uma boa impressão e melhor que a primeira. Neste artigo do nosso Blog abordamos as tendências emergentes de web design para 2020.

Lista de e-mail: Leve a sério a construção de uma lista de e-mails. Sua lista de e-mail é um dos ativos mais valiosos para sua marca numa eleição, pois permite que você inicie e estabeleça um contato direto com seu público-alvo sempre que quiser. 

Landing pages (formulário de inscrição) : É uma ação efetiva para chamar a atenção de seu público-alvo e incentivá-lo a se inscrever em sua lista de e-mail.

Blog para convidados: Uma ótima maneira de aumentar a visibilidade no digital é por meio do guest blogging ou blog para convidados. Se o conteúdo da sua campanha for postado em um site com um público maior ou diferente do seu, isso permitirá que você expanda sua presença digital.

Ao escolher um blog que aceita convidados é importante lembrar seus valores e escolher um site que tenha valores semelhantes. Você também deve verificar as diretrizes dos blogueiros para ver se eles aceitam postagens de convidados. Se tudo estiver alinhado, você pode contatá-los e compartilhar porque você se encaixaria perfeitamente no blog deles.

Ao passar pelo processo de encontrar o blog certo para postar como convidado, faça uma lista de cinco blogs com os quais você estaria disposto a trabalhar e entrar em contato com eles. As chances são muito boas de que alguém esteja interessado em suas contribuições. Além disso, se o seu argumento de venda for bem pensado, você poderá ter a chance de escrever para todos eles.

8 - Conclusão

A depender de onde você concorrerá, como nas grandes cidades por exemplo, a maioria das pessoas nunca o verá pessoalmente. Portanto tenha em mente que elas terão apenas a sua marca para orientá-los no processo de tomada de decisão.

Por isso é tão crucial para uma campanha política a definição, construção e monitoramento da sua marca para obter o máximo de sucesso no mundo digital. Isso lhe dará o impulso político de que precisa e fará de você um político conhecido.
Sucesso !

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Parceiros e comunidades

Quer saber como podemos ajudá-lo na sua jornada digital ?

Algumas das comunidades em que estamos engajados

Rolar para cima
logotipo da wedoiti

Deixe seus dados que entraremos em contato